sábado, 25 de julho de 2009

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

CONTATO

robsonclerio@hotmail.com

sábado, 7 de junho de 2008

ASSISTA O FILME AQUI!

video

DICA: PARA ASSISTIR O FILME SEM INTERRUPÇÕES DEIXE-O RODAR ATÉ O FINAL E CLIQUE PLAY NOVAMENTE.

sábado, 3 de maio de 2008

ROTEIRO E DIREÇÃO!

Robson Clerio, roteiro e direção


Robson Clerio vem da experiência do roteiro e da direção que absorveu no teatro. Cronista, roterizou uma crônica para realizar este curta-metragem com intenção de dar inicio em seu trabalho com cinema. Em uma investida de desejo, sem recursos e muita colaboração de atores, câmeras e pessoas dispostas a fazer parte do projeto cedendo locações e serviços, conseguiu fazer um trabalho no mínimo interessante considerando a estreia e as condições em que foi realizado.

SOBRE O FILME!

Marcelo Faiz (Roy) e Fredy Santinato (Duda)



Dois amigos decidem num fim de tarde que vão abandonar as drogas, naquela noite ainda terão um encontro com o traficante e seus infernos. Apenas um deles verá a luz do sol da manhã seguinte, aquele que plantou em seu coração uma decisão sincera. Totalmente filmado em Campinas, o curta tem duas fases marcadas através das cores escuras no inicio, mudando com a cena filmada na Feira do Centro de Convivência Cultutral (feirinha), ilustrando a presença da luz e do colorido invadindo a vida do personagem “Duda”. A musica, original, criada pelos músicos Nelson Valadas e Roger Moonward dão o clima do curta. “Estradas Brancas” foi feito a partir da perda de um garoto, nas circunstancias do filme. Um filme movido pela indignação e a necessidade de uma busca por caminhos que pudessem dar oportunidade às pessoas de retomar suas vidas após uma experiência com drogas.

“Estradas Brancas” é quase uma prestação de serviço informativo, para mostrar que uma decisão positiva e sincera pode atrair soluções. Sem pretensão de inovar cinematográficamente é quase linear e beira o didático, não chegando a este ponto por utilizar o artista plástico Piassa de forma abstrata para ilustrar quanto a vida do personagem “Duda” tornou-se mais colorida ao deixar o uso de cocaína e álcool. Não é cético, há um encontro quase místico e inesperado que “Duda” tem com uma mulher aparentando ser uma cigana no meio da noite (ciganas não circulam a noite) que aparece dando-lhe sinais de um “caminho aberto”.
Nas narrativas “Duda” conduz e localiza o curta falando onde esta e suas sensações. Há atualmente muita informação e pesquisa sobre os efeitos das drogas (a droga focada no filme é a cocaína) e de como as pessoas destroem suas vidas usando drogas, fala-se sobre o assunto quase automaticamente, porém fala-se muito pouco sobre as saídas para deixar de usar drogas. Onde ir? Existem grupos de auto-ajuda que podem ajudar? Onde estão as pessoas deixaram de usar drogas e estão bem? Há saídas? Onde? As pesquisas dizem que sim e as possibilidades estão no filme, sem citar nomes de irmandades, estão lá reunidas possibilidades e “sinais”.
O curta não dá endereços e telefones. Deixa uma seta indicando que as saídas existem, são possíveis. Há esperanças. As conseqüências de não interromper o consumo de drogas também está presente, sem rodeios. Sem meias palavras o personagem central “Duda” acaba com a ingenuidade do amigo que acredita em um governo que tomará providencias para acabar com a venda de drogas. – Se quiser tem que ser por conta própria! Conclui, deixando claro que a decisão é individual.

quinta-feira, 1 de maio de 2008

EDIÇÃO DE AUDIO

Macari, radialista e editor de audio

A edição de audio presente no curta-metragem é de Fernando Macari, conduziu o tratamento e a gravação das narrativas ao longo do filme. Fernando Macari é locutor de rádio, apresentador de palestras e simpósios, produtor do programa "Blues+Blues" (apresentado anteriormente na Cultura FM e na Educativa), passou pela Cultura FM, Eductiva e CBN, é editor de áudio, residente em Campinas.

quarta-feira, 30 de abril de 2008

FICHA TÉCNICA


Fredy Santinato (Duda) e Marilia Faiz (Lia)

“ESTRADAS BRANCAS”
(Baseado em Fatos Reais)

Roteiro e Direção: Robson Clerio
Produção e co-produção: Robson Clerio e Eduardo Sforça
Música: Nelson Valadas e Roger Moonward
Filmagem: Eduardo Sforça
Fernando Macari: Edição de Audio-Narrativas
Artes Plásticas: Piassa
Fotografia: Olívio Dambroski


Elenco: Fred Santinato, Marcelo Faiz, Marilia Faiz, Daniel Lot, Fredi Jorge, Chadra Lauren, Edson China, Dalson Alves, Renato Amaral, Thiago Lopes e Fernando Antonio.


Sinopse: Dois amigos decidem num fim de tarde que vão abandonar as drogas, naquela noite ainda terão um encontro com a cocaína. Apenas um deles verá a luz do sol da manhã seguinte, aquele que plantou em seu coração uma decisão sincera.
Duração: 17min20 seg.